Aconteceu…

O Rock in Rio 2011 acabou no domingo e deixou boas lembranças (algumas ruins também, é verdade). Mas, antes de falar sobre os melhores momentos do RIR, vamos aos shows do último final de semana!

Na quinta-feira (29), passaram pelo Palco Mundo Janelle Monáe, Ke$ha, Jamiroquai  e Stevie Wonder, além da Orquestra Sinfônica Brasileira acompanhada de outros artistas numa bela homenagem ao grupo “Legião Urbana”. Quem se destacou no Palco Sunset foi a cantora inglesa Joss Stone que esbanjou simpatia.

Janelle Monáe surpreendeu o público com uma ótima apresentação no Palco Mundo.

Na sexta-feira, foi dia dos brasileiros Marcelo D2, Jota Quest e Ivete Sangalo tocarem no Palco Mundo. Lenny Kravitz e a colombiana Shakira foram os últimos a se apresentarem nesse dia. Ivete Sangalo, apesar das críticas ao axé num festival de rock, fez um ótimo show e mostrou que tem carisma “pra dar e vender”.

Já no sábado (01), o Palco Mundo recebeu Frejat, Skank, Maná, Maroon 5 e Coldplay. A banda britânica era a atração mais aguardada da noite e não decepcionou. O show foi ótimo e mesmo no final, na saída da cidade do rock, ainda era possível ouvir o público cantando o refrão do hit “Viva la Vida”. O grupo ainda fez uma homenagem ao Rio, escrevendo o nome da cidade no palco.

Foto: Photo Rio News.

No último dia do evento, domingo, quem abriu o Palco Mundo foi o pessoal do Detonautas e quem fechou a noite foi o Guns N’Roses debaixo de muita chuva. Nesse dia também tocaram no palco principal Pitty, EvanescenceSystem of a Down, a banda escolhida pelo público para tocar no festival.

Alguns momentos ficarão registrados na memória. Para mim, os cinco melhores momentos do festival foram: a bateria do Slipknot girando no palco, Stevie Wonder cantando com a filha “Garota de Ipanema”, o tributo ao “Legião Urbana”, o show do Coldplay e a célebre frase de Cristiane Torloni “Hoje é dia de rock, bebê!” que chegou a  estampar camisetas.

Porém, como já falei aqui no blog, nem tudo foi festa. Os pontos negativos foram: os diversos furtos, as filas enormes para comer, a falta de ônibus no 1º dia, o lixo espalhado pelo chão e a queda de uma passarela no último dia. Vamos torcer para que a próxima edição, em 2013, seja melhor!

Agora, a pergunta que não quer calar é:  depois do Rock in Rio, você acredita que a cidade esteja preparada para grandes eventos? Dê sua opinião!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s